• Dr Elmar Eugênio

O que é o Auxílio-Acidente? E quem tem direito?

O Auxílio-Acidente é um benefício previdenciário de natureza indenizatória pago ao segurado do INSS quando, em decorrência de acidente, apresentar sequela permanente que reduza sua capacidade para o trabalho. Essa situação é avaliada pela perícia médica do INSS.


Como se trata de uma indenização, não impede o cidadão de continuar trabalhando.


O atendimento deste serviço será realizado à distância, não sendo necessário o comparecimento presencial nas unidades do INSS, a não ser quando solicitado para eventual comprovação ou realização perícia médica.

Principais requisitos para receber o auxílio-acidente


O cidadão que vai requerer este tipo de benefício deve comprovar os seguintes requisitos:


  • Ter qualidade de segurado, à época do acidente;

  • Não há necessidade de cumprimento de período de carência;

  • Ser filiado, à época do acidente, como:

  1. Quem tem direito ao benefício

  2. Empregado Urbano/Rural (empresa)

  3. Empregado Doméstico (para acidentes ocorridos a partir de 01/06/2015)

  4. Trabalhador Avulso (empresa)

  5. Segurado Especial (trabalhador rural)

  6. Quem não tem direito ao benefício

  7. Contribuinte Individual

  8. Contribuinte Facultativo

Etapas para realização deste serviço


1. Solicitar o Benefício

  1. Acesse o Meu INSS

  2. Faça login no sistema, escolha a opção Agendamentos/Requerimentos, Clique em “novo requerimento” e clique em “avançar”.

  3. Digite no campo “pesquisar” a palavra “acidente” e selecione o serviço desejado.

  4. Acompanhe o andamento pelo Meu INSS, na opção Agendamentos/Requerimentos.


2. Comparecer à Perícia Médica


O segurado deverá comparecer à unidade do INSS escolhida para realizar perícia médica ou, nos casos especificados, aguardar a perícia médica domiciliar ou hospitalar.


Acompanhe o andamento da solicitação e o resultado da perícia pelo Meu INSS, na opção Agendamentos/Requerimentos.


Documentos originais necessários

  • CPF do interessado.

  • Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver.

  • Documentos médicos que comprove a redução da capacidade laborativa.permanente.

Outras informações


Auxílio-doença previdenciário ou acidentário: veja a diferença entre os dois tipos de auxílio-doença;


O benefício encerra-se quando o trabalhador se aposenta ou solicita a Certidão de Tempo de Contribuição (CTC) para fins de averbação em Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) ou ainda por ocasião do óbito;


O cidadão poderá solicitar a presença de um acompanhante (inclusive seu próprio médico) durante a realização da perícia. Para tanto, é necessário preencher o formulário de solicitação de acompanhante e levá-lo no dia da realização da perícia.


O pedido será analisado pelo perito médico e poderá ser negado, com a devida fundamentação, caso a presença de terceiro possa interferir no ato pericial.

Se você caro leitor do nosso blog Elmar Eugênio Advocacia, vier a precisar de um advogado Previdenciário em Palmas Tocantins, nosso escritório está à sua disposição. Contamos com uma equipe competente e ágil, todos preparados para cuidar de suas causas, e buscar os melhores resultados em seus processos.


5 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo